O jogo de xadrez é realizado em um tabuleiro quadrado, 8 x 8, com 64 casas iguais alternadamente claras (casas “brancas”) e escuras (casas “pretas”). Cada jogador possui inicialmente 16 peças: 8 peões, duas torres, dois bispos, dois cavalos, uma dama e um rei. O jogo consiste em lances alternados entre os jogadores, movimentando suas peças, até que ocorra o xeque-mate. Se um jogador move uma peça de modo a ameaçar a captura do rei adversário no próximo lance, é dito que esse rei está em xeque. Isso significa que o jogador ameaçado deve tirar o rei da linha de captura. Isso pode ser feito de 2 formas: movimentando o próprio rei para outra casa, ou colocando uma outra peça entre o rei e a peça que o ameaça. Quando é impossível escapar da situação de xeque, ocorre o xeque-mate, que determina o fim da partida.

Para entender melhor as regras do xadrez, devemos primeiramente estudar as peças envolvidas:

Rei

O rei é a peça mais importante do jogo (apesar de não ser a mais poderosa). Sua movimentação se dá em qualquer direção, porém apenas 1 casa. O rei pode capturar qualquer peça adversária que esteja desprotegida. Em outras palavras, cuja captura não signifique deixar o rei em situação de ameaça direta por outra peça adversária.

Dama

A dama, também conhecida como rainha, é a peça mais poderosa do jogo de xadrez. Sua movimentação se dá em qualquer direção do tabuleiro: vertical, horizontal ou diagonal, sem limite de casas por jogada. Seu movimento é como a combinação do bispo com a torre.

Torre

A torre se move na vertical ou na horizontal, sem limite de casas para andar. Sua restrição é movimento na diagonal.

Bispo

O bispo possui movimentação exclusivamente diagonal, sem limite de casas. Cada jogador começa com 2 bispos, um em uma casa preta e outro em uma casa branca. Repare que cada bispo fica limitado às cores da casa em que começou, pois ele não pode se movimentar na vertical nem na horizontal.

Cavalo

O cavalo se movimenta em forma de L. Ele anda dois quadrados em linha reta (horizontal ou vertical) em qualquer direção e depois um quadrado em outra direção perpendicular à primeira. Ou seja, anda duas na vertical e uma na horizontal ou duas na horizontal e uma na vertical. O cavalo possui uma propriedade bastante interessante: é a única peça que pode pular sobre as outras.

Peão

O peão pode andar apenas uma casa, sendo para frente na mesma coluna. A única exceção é o primeiro movimento da partida, em que ele pode andar duas casas (também apenas para frente na mesma coluna). O método de captura do peão é diferente das outras peças do jogo: enquanto todas as peças “comem” as adversárias no final de seu movimento, tomando seu lugar, o peão faz a captura na diagonal. Portanto, ele anda para frente e ataca na diagonal. Além disso, o peão é a única peça do jogo que não pode voltar. Portanto, seu movimento é exclusivamente em direção ao final do tabuleiro do lado adversário. Isso leva a outra propriedade única dos peões: quando um peão alcança o fim do tabuleiro, pode ser trocado por qualquer outra peça (com exceção do rei). Inclusive por outra dama.

A configuração inicial do tabuleiro é a seguinte:

Xadrez Inicial

As peças brancas começam o jogo, e os lances dos jogadores ocorrem alternadamente até que ocorra o xeque-mate.

Para aprofundar o entendimento do jogo, veja Aberturas Famosas no Xadrez e Defesas Famosas no Xadrez. Você também pode baixar gratuitamente uma apostila aqui com as Regras do Xadrez.

Share Button