Tipos de Cartão de Crédito

Para entender o mercado de cartão de crédito, devemos definir os tipos existentes de cartão e os agentes da cadeia. Existem 3 tipos principais de cartões de crédito: o comum, emitido por um banco, que é o que usamos normalmente; o “private label”, que é cartão de loja, como C&A, que dá descontos ou benefícios nas lojas (pode ser bandeirado ou não); e o cartão empresarial, que tem a vantagem de ter uma empresa fazendo a intermediação entre o banco e o usuário e pode negociar melhor descontos, diminuindo também o risco para o banco.

No processo de compra com cartão, existem 3 agentes principais: o emissor, a bandeira e o adquirente.

Emissor

O emissor é a empresa administradora do cartão de crédito. Normalmente, o banco ou a loja que faz o plástico. Entre suas responsabilidades, destacam a aprovação da compra, emissão da fatura, definição do limite de crédito e plano de recompensas. O emissor arca com o risco da operação no caso de inadimplência e fraude.

Bandeira

A bandeira é responsável pela comunicação da transação entre o adquirente e o emissor do cartão de crédito. As bandeiras mais conhecidas são Visa, MasterCard, American Express e Diners. Através dos 6 primeiros dígitos do cartão de crédito, é possível determinar a bandeira.

Adquirente

O adquirente é a empresa que processa a operação entre o estabelecimento e a bandeira. É o dono do POS (“Point of Sale”), a maquininha. Nos casos famosos, a Rede (antiga Redecard, que processava MasterCard) e a Cielo (antiga Visanet, que processava Visa). Quando você passa o cartão na maquininha, entre 2-4% do valor da operação não vai para o lojista, mas para o adquirente. Desse valor, uma parte é repassada para outros agentes da cadeia. A vantagem para o lojista é que seu o risco é zero, já que tudo é garantido pelo emissor (que arca com todo risco da operação), além da comodidade para o consumidor que prefere pagar com cartão.

Regulamentação do Mercado de Cartões de Crédito

Havia uma discussão forte sobre esse processo, porque a Rede é controlada pelo Itaú, Unibanco e Citibank. Então, o Itaú emitia mais cartões com bandeira MasterCard, que só poderia ser lido por sua maquininha. Mesma coisa para a bandeira Visa, já que a Cielo (Visanet) é controlada pelo Banco do Brasil, Bradesco e Santander. Então, o governo decidiu acabar com esse processo de verticalização dos bancos. Hoje em dia, qualquer maquininha lê qualquer cartão.

Mercado de Cartões de Crédito no Brasil

O Sebrae desenvolveu, em 2007, um relatório que contém diversas informações sobre o mercado de cartão de crédito no Brasil. Apesar de conter números desatualizados, o documento possui definições e conceitos importantes. O relatório pode ser visto no link a seguir: Mercado dos cartões de crédito no Brasil e sua relação com as micro e pequenas empresas.

Share Button